Teste Teste Teste

============▓▒░ Adicione este Blog em seus Favoritos | Añade este Blog a tus favoritos | Add this Blog to your Favorites ░▒▓============

AMTM

sábado, 1 de junho de 2013

5 Estranhas tradições de casamento por todo o mundo

O casamento existe no mundo inteiro, e qualquer cultura vem com um rol de tradições e rituais, incluindo o “algo velho, algo novo, algo emprestado e algo azul” para a noiva. Conheça algumas tradições de casamento de todo o mundo, que vão além do vestido branco e do véu:
 
1 – TRÊS VESTIDOS

Na China moderna, as noivas não escolhem um vestido de noiva, mas três. Primeiro, há o qipao ou cheongsam tradicional, um vestido bordado geralmente vermelho, porque o vermelho é uma cor forte que traz sorte na cultura chinesa. Em seguida, a noiva pode trocar por um vestido de baile branco que não pareceria fora de lugar em um casamento brasileiro (um aceno da cultura chinesa para a popularidade das tendências ocidentais). Finalmente, a noiva coloca um terceiro vestido na recepção, de uma cor de sua escolha, ou um vestido de coquetel.

2 – MÃOS PINTADAS
Antes de uma noiva indiana se casar, ela, suas amigas e sua família decoram suas mãos e pés com desenhos elaborados chamados menhdi. Estes projetos temporários são feitos de henna, e duram apenas algumas semanas. Os desenhos são incrivelmente detalhados e levam horas para serem aplicados, fora o tempo que a noiva deve aguardar para a henna secar e manchar sua pele. Transformar a ocasião em uma festa torna o processo mais divertido – e fornece amigos e familiares para ajudar a noiva se ela precisar de alguma coisa.

3 – PULAR UMA VASSOURA
Um número de culturas, de celtas a ciganos, incorporou algum tipo de salto sobre uma vassoura nas tradições de seu casamento. Hoje, essa prática é mais frequentemente encontrada entre os afro-americanos, uma tradição enraizada na época da escravidão, quando o casamento entre homens e mulheres escravizados não era legalmente sancionado. No período antes da guerra, homens e mulheres escravizados declaravam sua união saltando sobre uma vassoura juntos.

4 – MAZEL TOV!
A quebra do vidro em casamentos judaicos, em que o noivo esmaga um copo com o pé no final da cerimônia, é uma tradição com raízes obscuras. Alguns dizem que o vidro simboliza a destruição do grande templo de Jerusalém em 70 d.C., enquanto outros dizem que o vidro quebrado é um lembrete de que a alegria deve ser sempre moderada. De qualquer forma, quebrar o vidro é geralmente realizado no espírito de felicidade, com os convidados do casamento gritando “Mazel Tov!” (Boa sorte!) após a quebra de vidro.

5 – MADRINHAS BEBÊS
No Reino Unido e em outros lugares, em vez de madrinhas, como no Brasil, existem apenas as “damas de honra” (geralmente amigas ou parentes da noiva). Nós também usamos os pequenos de nossas famílias como daminhas de honra, mas os casamentos reais no Reino Unido contam só com os bebês. No casamento da rainha Elizabeth II em 1947, havia oito damas de honra, a maioria mais jovem do que a noiva de 21 anos de idade. Diana teve cinco damas de honra, a mais nova das quais tinha 5 anos, e a mais velha 17 anos. Kate Middleton teve damas ainda mais jovens em seu casamento de 2011, convidando crianças de 3 anos até o altar.
Estamos com um ano e meio de Pucallpa e nada disso existia,agora a vida esta mais facil aqui,onde chega a igreja tem que chegar a diferença. Pucallpa cada dia melhor.