Teste Teste Teste

============▓▒░ Adicione este Blog em seus Favoritos | Añade este Blog a tus favoritos | Add this Blog to your Favorites ░▒▓============

AMTM

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

OBEDECENDO A ORDEM DO IDE

CHAMADO

FAMILIA


Dia 10 de Janeiro de 97,numa manha como esta, Eu, Ilano Bispo, saia da cidade de Campo Grande\Ms rumo a uma terra longínqua (Amazonas),na época não telefone celular e internet era apenas sonho para a grande maioria, a comunicação era por cartas e telefone publico ou residencial.

Naquela manha alguns dos melhores amigos estavam ali para despirmos, pela primeira. vez eu estava fazendo a mais longa viagem da minha vida a uma terra longínqua, estava indo para um lugar totalmente desconhecido por mim, a um povo que jamais eu poderia imaginar o seus rostos e o seu amor para comigo.
Nesta viagem fui rejeitado por alguns, recém havia completando 20 anos, cheguei ouvir de pastores que não poderia me receber pelo fato de eu não ter uma credencial, ouvir muitas humilhações, mas sempre tinha o Espirito Santo me impulsionando a seguir.

Fui recebido no Amazonas por uma missionaria viúva de mais de 80 anos de idade,(saudosa Irma Araci e por seu neto Sergio Lima),no dia seguinte fui para casa de uns familiares que não conhecia, porem me receberam com muito amor, meus tios (Artur e Dora) ele já descansa no Senhor, ali conheci tantos quatro primas filha do casal e os filhos delas, foram dias maravilhosos.

Logo em seguida sai rumo a pequena cidade de Autazes nas margens do rio Madeirinha onde reencontrei o Pr.Claudio Roberto e família e a amada igreja, lembro como se fosse hoje, era uma segunda-feira a noite num culto de ensinamento com as portas fechadas, ao terminar o culto me apresentei ao pastor e ele me levou para sua casa, no dia seguinte saímos a uma viagem para o rio Pauru 
e de lá visitamos vários outros rios ate que fui enviado para o rio Iauassu, onde assumir a igreja e comecei algumas outras naquele ano de 97.


Em fim de 97 voltei no MS e logo encontrei a minha esposa,
 naqueles dias ela estava paralitica das pernas mesmo assim em 21 dias oramos, noivamos e casamos 
e retornamos ao Amazonas para seguir fazendo a missão que estava em minhas mãos.

Ficamos no município de Autazes ate o ano de 99 quando fomos convidados a ir ao MS e lá ficamos o ano de 2000,em 2001 retornamos a Autazes-AM  e ficamos ate 2003 quando fomos convocados para ir a uma terra ainda mais longínqua (TIMOR LESTE)lá passamos 3 anos e retornamos ao Amazonas por uma enfermidade que apareceu em mim e ficamos um ano quando outra vez convocado para ir a Moçambique e lá passamos um ano no encerramento do trabalho missionário.

Retornamos ao Amazonas em 2008 e ali ficamos por um ano quando por conta própria saímos para Venezuela, fomos lá apenas para ajudar o Pr.Raimundo Barros na construção de um dos templos, ao terminarmos o trabalho retornamos e ficamos em Roraima por um ano e de lá seguimos para o deserto do Peru a cidade de Ica, onde ajudamos a construir  templos e levar pessoas ao batismo, cumprindo a tarefa saímos em direção a cidade de Pucallpa, onde estamos a quase 3 anos, aqui estamos implantando igrejas, levando o EVANGELHO a mais uma pessoa, construindo templos, treinando obreiros.

Somos grato a Deus por estes 17 anos de vida na causa do Mestre em TERRAS LONGINQUAS, somos gratos ao Prs.Claudio Roberto e família, que no começo nos apoiaram, grato a cada família de amigos, grato a CEADAM na pessoa do Pr.Jonatas Camara que confiou a mim um pastorado nos rios do AMAZONAS e duas MISSÕES internacionais, grato a cada intercessor que ganhamos ao longo da caminhada.
Hoje encontro muitos me chamando de filho e tantos outros que dizem ter-me discipulado e outros que dizem ter me recebido ou me ajudado, na verdade eu sei bem que lutou por mim e sempre sou grato a estas pessoas.

Voltei de uma MISSÃO por questão de enfermidade e a mesma enfermidade me acompanha há 10 longos anos, não posso parar de realizar esta tão grande tarefa por uma questão de enfermidade, não posso deixar de realizar estar tão grande tarefa por falta de apoio, temos as nações como nossa morada, temos Deus como nosso PAI,PATRAO e DONO, temos familiares e amigos que sempre lembram de nos enviar alguma ajuda e tantos outros que todos os dias eleva nossos nomes a presencia de DEUS.

Ainda em TERRAS  LONGÍNQUAS, sem esperança de retorno ao nosso BRASIL, depois de 17 anos  andando pelas nações, vejo que o AMAZONAS não e mais a minha TERRA LONGINQUÁS, mas continua sendo a terra que AMO.

Dedico este pequeno relato a cada filho na fé, aos que se tornaram MISSIONÁRIOS INTERNACIONAIS, aos que tornaram PASTORES LOCAIS, aos que continuaram firmes e entenderam o EVANGELHO, a cada família que nos hospedaram, a cada pessoa que contribuíram.

Dedico aos meus pais que tornaram nossos intercessores e mantenedores e a minha sogra que  nestes 17 anos foi intercessora fiel e me deu uma das suas filhas para me acompanhar nesta jornada.

Bispo Ilano& Sueli Pedrosa, simples servos voluntários...